quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Into amplia práticas sustentáveis

Into se destaca com iniciativas de saúde ambiental e se compromete com os objetivos da Agenda Global dos Hospitais Verdes e Saudáveis

Com a responsabilidade de desenvolver a gestão da saúde ambiental dentro do amplo complexo hospitalar, sediado no Rio de Janeiro, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) se destaca como uma das primeiras instituições do Sistema Único de Saúde (SUS) a se comprometer a cumprir os dez objetivos da Agenda Global dos Hospitais Verdes e Saudáveis. Quatro deles já foram alcançados, enquanto a exigência da entidade é de dois, pelo menos.

Entre as conquistas, o Into conseguiu fazer o controle e a redução do consumo de energia elétrica e água e de resíduos e substâncias químicas. "Temos uma estação de tratamento de esgoto para tratar a água e reutilizá-la no sistema de resfriamento e de irrigação dos jardins. Também é feito o reaproveitamento da água da chuva nesse processo. Contamos ainda com energia solar para o aquecimento dos chuveiros”, conta Rodrigo de Souza, chefe da Divisão de Infraestrutura do Into.

A adesão à rede de Hospitais Saudáveis, formalizada em outubro, marca uma nova fase na trajetória da instituição que começou em 2006 a busca pela adequação ambiental e pela implementação de projetos mais sustentáveis. Em seis anos, as ações tiveram resultados positivos que já beneficiam funcionários, pacientes, visitantes e o próprio meio ambiente.

A mais recente inciativa foi a substituição de todos os termômetros e aparelhos de pressão que continham mercúrio por outros digitais, livres do metal tóxico e mais econômicos. “Quando o termômetro é quebrado, o vapor do mercúrio é inalado e isso pode afetar a pessoa com complicações neurológicas no futuro”, explica Robson Monteiro, gerente de Resíduos de Serviços de Saúde do Into. A mudança evitou o risco de contaminação que o mercúrio oferecia à saúde dos profissionais de saúde e dos pacientes.

FONTE: INTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário